Saber do fim

E se a gente vivesse consciente de que vai acabar? E se acordássemos lembrando do fim? Não pense logo na morte, dramático leitor. Pense no fim das situações chatas que atormentam seus dias. Não se esqueça, porém, da finitude dos amores que disparam o coração. Foque no fim daquilo que não lhe faz bem. Viva o momento feliz, ele logo passa também. Temos certa resistência … Continuar lendo Saber do fim

Carta para um moço

Moço branco, hetero, que cresceu no Buritis*, estudou em escola particular, teve empregada doméstica em casa, ganhou mesada… Você foi meu colega de escola, meu vizinho, meu conhecido. Talvez, você não tenha reparado, mas nós somos privilegiados num país marcado por desigualdades. Você adora falar de meritocracia, de trabalho duro e reclama que o Brasil está cheio de “nêgo vagabundo”. Porém, era péssimo aluno na … Continuar lendo Carta para um moço

Somos mais que oito horas por dia

Em uma época da minha vida, tive um trabalho chatinho, burocrático e no qual eu passava o dia todo fazendo quase a mesma coisa. Eu não gostava do trabalho, mas ele me permitia melhorar meu nível de inglês, pagar as contas, juntar uns euros. Era um emprego que não combinava comigo e que me fazia questionar sobre a capacidade que temos de passar 8 horas … Continuar lendo Somos mais que oito horas por dia

Lista de desejos no Dia da Mulher

Uma carta para as mulheres da minha vida Minha mãe, minhas avós, minhas tias, minhas primas, minhas amigas, minhas professoras, minhas colegas, minhas chefes, minhas vizinhas, minhas leitoras Quando criança, fui cuidada por vocês. Adolescente, fui ouvida por vocês. Hoje, sou inspirada por vocês. Contrariando o mito machista da eterna disputa feminina, de mulheres, recebi acolhimento, apoio, amor, incentivos. Desde sempre, foram mulheres que me … Continuar lendo Lista de desejos no Dia da Mulher